A vacina contra o coronavírus está sendo estudada há quase 20 anos

Por Vagner dos Santos, professor.





A vacina contra o Novo Coronavirus não foi desenvolvida em apenas 9 meses como muitos pensam.


As pesquisas em busca de vacinas contra esse vírus começou em 2003 quando uma variável do Coronavirus, o SARS-COV, provocou uma epidemia em algumas partes do mundo.


Em 2012, uma outra variável do Coronavirus surgiu no Oriente Médio, o MERS-COV, atingindo milhares de pessoas.


Portanto, desde 2003, os pesquisadores vem acumulando uma série de informações sobre essa família de vírus, o Coronavirus.


Agora, em 2019, o Coronavirus surgiu como uma outra variável, o SARS-COV 2.


O SARS-COV 2 é a variável do Coronavirus que tem um espalhamento mais rápido que os demais e tornou-se uma pandemia. Em função dos impactos sócio econômicos provocados no mundo, as pesquisas sobre o vírus foram intensificadas e, somadas aos conhecimentos que tínhamos sobre a família do Coronavirus, foi possível chegar às vacinas.


Portanto, não tenham medo de tomar vacina contra o Novo Coronavirus temendo ser um experimento científico; trata-se de uma vacina tão segura como todas as outras existentes.